Investir em Portugal

Portugal continental está geograficamente situado na costa Oeste da Europa, na Península Ibérica. Faz fronteira a Norte e a Leste com a Espanha, a Ocidente e a Sul com o Oceano Atlântico, situando--se numa posição geo-estratégica entre a Europa, América e África. O território português inclui ainda as Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, arquipélagos situados no Oceano Atlântico. O clima de Portugal Continental é temperado com Invernos chuvosos e verões quentes e secos. Nos Açores o clima é marítimo com temperaturas amenas e chuva mais ou menos constante durante todo o ano sendo forte no Inverno.

Na Madeira o clima é ameno e estável ao longo de todo o ano.

Portugal está situado no fuso horário TMG+0 / TMG+1 (Verão).

Relações Internacionais

Portugal integra hoje, 3 grandes espaços geo-políticos que correspondem a 3 grandes fronteiras: de segurança (OTAN – Organização do Tratado do Atlântico Norte), económico-social (União Europeia) e linguístico-cultural (CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa). É ainda, membro de diversos organismos internacionais e supra-nacionais, tais como a Organização das Nações Unidas (ONU), Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), e Conselho da Europa.

Portugal e a União Europeia

Portugal é membro de pleno direito da União Europeia desde 1 de Janeiro de 1986.

Com a adesão ao espaço europeu, Portugal passou a fazer parte da maior comunidade integrada de democracias do mundo formada, actualmente, por 27 países e do maior espaço de comércio livre a nível mundial. Foi ainda um dos primeiros países a aderir à moeda única a 1 de Janeiro de 2002, integrando a zona euro.

Mas se a Europa ajudou a transformar Portugal, o nosso país também contribuiu para a mudança na Europa. Com a adesão de Portugal saiu reforçada a vocação atlântica do continente europeu, assim como a abertura de novas perspectivas em África e na América. Portugal, pelas suas relações históricas e afectivas com os países destes continentes, contribuiu para a reorganização das prioridades de política externa da UE e dotou a Europa de um capital de diversidade cultural muito mais abrangente.

Foi durante as presidências portuguesas que se lançou a Estratégia de Lisboa, se realizaram as Cimeiras da União Europeia com África e Brasil e que foi assinado o Tratado de Lisboa, marcos fundamentais para o fortalecimento do espaço europeu em termos económicos, sociais e políticos.

Com a integração no espaço europeu, Portugal teve acesso a fundos estruturais e de coesão que contribuíram, significativamente, para o desenvolvimento e modernização do país, elevando-o a outro nível de expansão económica.

Território

Com uma área total de 92.094 km2 (continente e ilhas), o território continental caracteriza-se por uma zona norte mais acidentada e montanhosa e por uma zona sul mais plana e com menor relevo. Também o litoral, geralmente mais plano, se distingue das terras altas do interior. As ilhas dos arquipélagos dos Açores e da Madeira são de origem vulcânica e com relevo acidentado. No continente as maiores altitudes encontram-se num cordão de montanhas situado no centro do país; a Serra da Estrela, com 1.991 metros de altitude, é o ponto mais alto. Nos arquipélagos, a montanha do Pico (2.351 metros) é a maior elevação dos Açores e o Pico Ruivo (1.862 metros), a maior montanha da Madeira.

Em 2009, a população portuguesa atingia 10,632 milhões de habitantes, com uma densidade demográfica de 115 habitantes/km2.

Lisboa, situada no centro-sul de Portugal continental e cuja zona metropolitana reúne 2,1 milhões de habitantes, é a capital do país e o seu principal pólo económico.
Outras cidades importantes são: Porto, Aveiro, Braga (no Norte), Coimbra (no Centro), Setúbal (zona metropolitana de Lisboa) e Faro (no Sul).

Anúncios de Empresas

Colep Portugal, SA

Fabricação de embalagens metálicas ligeiras

Telefone: (+351) +351 256 420 100